(21) 99264-7345
Seleziona una pagina

História do Gelato Italiano

Esta semana, a Geliamo Brasil tem o prazer de contar a história, origens e características do verdadeiro Gelato Italiano.

Zabaione, o chocolate, limão ou morango, creme ou fruta: o sorvete, hoje, representa uma das pontas de diamante das excelências culinárias “made in Italy”. Apesar da indiscutível notoriedade alcançada mundialmente, as origens deste tipo de alimento são até, agora, um mistério.

Como Nasce o Gelato Italiano

Algumas fontes tendem a colocar o nascimento até ao período das Sacras Escrituras. O Gelato Italiano moderno aparece pela primeira vez no ano de 1686 em Paris, de uma ideia do chef Francesco Procopio Cutó, a primeira cafeteria-sorveteria do mundo. Outro período importante é a segunda metade do século XVIII. Em 1770, Giovanni Basiolo levou este gostoso alimento nas Américas e, alguns anos depois, Filippo Lenzi inaugurou a primeira sorveteria moderna deste lado do oceano. Na Itália, pelo contrário, precisamos esperar o termino da Segunda Guerra para a chegada do primeiro Gelato Industrial como Stecco pela marca de Turin Pepino – até hoje existente. Infelizmente, nestes anos, o Gelato foi amado, mas ao mesmo tempo, copiado. Muitos são as tentativas de imitação neste período, tanto que, o fenômeno ganhou um apelativo “Italian Sounding”.

Gelato Italiano Artesanal vs Ice Cream

No campo literal, uns dos termos mais usados para o Gelato é Ice Cream. Somos realmente confiantes que estes dois apelativos representem efetivamente o mesmo tipo de produto?

Vamos ver agora algumas diferencias que vão nos mostrar como estes dois tipos de produtos são em verdade bastante diferentes.

1

A primeira e as mais importante diferença tem a ver com os produtos utilizados para produzi-los. O Gelato Italiano é preparado com leite e creme de leite fresco; o Ice Cream, ao contrário, utiliza leite em pó e gorduras vegetais.

2

O número das calorias varia, e muito. No Ice Cream não podem ser inferiores a 10%; no Gelato, pelo contrário, não podem superar a 8% do produto.

3

O tempo de derretimento dos dois alimentos é diferente, devido aos dois tipos de produção. O artesanal precisa ser preparado nos laboratórios perto de onde o produto é vendido e precisa ser consumido entre períodos mais curtos, devido a menos quantidade de ar envolvida no produto e por isso resulta mais macio. O Ice Cream, derrete mais devagar, pois no ciclo de produção incorpora uma maior quantidade de ar que age como um processo isolante do produto.

4

O Gelato Italiano Artesanal é guardado a temperaturas inferiores que o Ice Cream que, neste sentido, é muito mais similar a um produto congelado e, assim, contendo conservantes

5

E, por último, até o processo de mantecação é diferente: para o Gelato este processo é descontinuo, pois é consumido em tempos menores. Para o Ice Cream a mantecação é mais continua e duradora.

 

Venha saborear o verdadeiro Gelato Artesanal Italiano em Copacabana na Geliamo

Rua Santa Clara,27 – Copacabana 

☎️(21) 99264-7345

 

A Melhor Gelateria de Copacabana.

Onde experiência e magia se juntam.

geliamo store